You are here

Published in: 04/14/2014

Saúde ambiental nos países de língua portuguesa é tema de e-Congresso

imprimirimprimir 
  • Facebook
Fonte: Marina Lemle – Jornalista da Vice-Presidência de Ambiente, Atenção e Promoção da Saúde/Fiocruz

Estão abertas até 15 de abril as inscrições para o e-Congresso de Saúde Ambiental nos Países de Língua Portuguesa (SALP´14), a ser realizado em 7 e 8 de maio de 2014. Promovido pela Sociedade Portuguesa de Saúde Ambiental com o apoio da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), o e-Congresso visa desenvolver uma plataforma de colaboração técnico-científica que permita uma cooperação mais estreita nos países de língua portuguesa,  proporcionando melhor conhecimento das relações entre ambiente e saúde – um tema de grande amplitude e com diversas problemáticas, potencialidades e especificidades. 
 
O e-congresso contará com a participação de cinco países - Angola, Brasil, Cabo-Verde, Guiné-Bissau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste – e é destinado a docentes, pesquisadores, estudantes, empresários, profissionais dos setores público e privado, gestores e tomadores de decisão nas áreas de saúde e saúde ambiental. O evento será integralmente realizado online, a partir dos estúdios da Fundação para a Computação Cientifica Nacional, em Lisboa, e a participação pode ocorrer de qualquer lugar do mundo através da internet.
 
O presidente da Fiocruz, Paulo Gadelha, foi formalmente convidado a integrar a Comissão de Honra do evento e aceitou o convite. Para o vice-presidente de Ambiente, Atenção e Promoção da Saúde, Valcler Rangel, o e-Congresso é uma iniciativa pioneira de fazer com que os países lusófonos apresentem seus perfis e agendas de saúde e ambiente, além de ser um espaço de troca de experiências. “O congresso online abre espaço para cooperações bilaterais e multilaterais via CPLP e amplia os debates na área”, afirma.

Informações: www.spsa.pt/webinar/

 

Add new comment