Você está aqui

Publicado em: 08/08/2014

“A epidemia do ebola é um grave problema de saúde pública, mas pode ser controlada”

imprimirimprimir 
  • Facebook

"A epidemia do ebola na África é um grave problema de saúde pública, mas ainda pode ser controlada com a aplicação de medidas preventivas", disse o Dr. Luis Gomes Sambo, diretor regional da Organização Mundial da Saúde (OMS) para a África, onde dirige os esforços de cooperação técnica para 47 Estados-Membros. 

Desde que o primeiro caso foi registrado na Guiné, em março deste ano, o vírus se espalhou para Serra Leoa e Libéria, contabilizando até o dia 1 de agosto de 2014, 1.369 casos e 759 mortes. Estes três países nunca antes tinham visto casos da doença altamente contagiosa e mortal que é transmitido por contato direto com sangue, fluidos corporais e tecidos de animais ou pessoas infectadas.

Gomes Sambo tem estado à frente da resposta regional da OMS para mobilizar competências e recursos, bem como convocando reuniões de emergência nos Ministérios da Saúde para discutir a situação e desenvolver estratégias regionais e nacionais para enfrentar a epidemia, a maior que já afetou a África até agora.

A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), Escritório Regional da OMS para as Américas, o entrevistou durante a sua recente visita a Washington DC, onde participou da Cúpula de Líderes Africanos.

Veja a entrevista na íntegra (em inglês e espanhol).

 

Comentar