Você está aqui

Publicado em: 27/11/2017

ONU oferece curso online gratuito sobre regime jurídico internacional de mudança climática

imprimirimprimirenviar por e-mailenviar por e-mail
  • Facebook

O Programa da ONU para o Meio Ambiente, por meio da sua plataforma de aprendizagem online, abriu inscrições para um curso totalmente gratuito de 3 horas sobre regime jurídico internacional de mudança climática.

Os participantes que completarem as avaliações receberão um certificado emitido pela ONU Meio Ambiente e pelo Instituto das Nações Unidas para Formação e Pesquisa (Unitar).

O conteúdo do curso detalha os mecanismos estabelecidos pela Convenção-Quadro da ONU sobre Mudança do Clima (UNFCCC) e as principais providências e compromissos assumidos no Protocolo de Quito e no Acordo de Paris.

A agência da ONU encoraja a participação de toda e qualquer pessoa interessada em aprender sobre as bases jurídicas na luta contra as mudanças climáticas. Conhecimento prévio sobre o tema não é requisito para a participação e os temas serão apresentados de maneira progressiva, dos mais genéricos aos específicos.

O curso é um esforço colaborativo do Unitar e da ONU Meio Ambiente, cuja iniciativa será acrescentada ao portfólio de aprendizagem online da organização, disponível na página da portal da organização de tratados multilaterais sobre meio ambiente (InfoMEA).

O curso online (em inglês) já está disponível e as inscrições devem ser feitas na página da plataforma: https://e-learning.informea.org/login/index.php

2 Comentários

O curso encoraja a

O curso encoraja a participação de qualquer pessoa interessada. Mas, o curso é em inglês. Então, é um curso seletivo. Nem todos os interessados tem acesso.

O texto diz: "A agência da

O texto diz: "A agência da ONU encoraja a participação de toda e qualquer pessoa interessada em aprender sobre as bases jurídicas na luta contra as mudanças climáticas." O curso é dado em inglês. Então, não é para qualquer pessoa interessada. É um curso seletivo. Só tem acesso os falantes da língua inglesa.

Páginas

Comentar