Você está aqui

1a Reunião Virtual da RETS-CPLP

Atualizado: 17/07/2020
imprimirimprimirenviar por e-mailenviar por e-mail
  • Facebook

1ª Reunião Virtual da Rede de Escolas Técnicas em Saúde da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (RETS-CPLP)

O trabalho e a formação dos técnicos de saúde em tempos de pandemia de COVID-19

 

                                            

Em 1 de julho de 2020, foi realizada a 1a Reunião Virtual da Rede de Escolas Técnicas em Saúde da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (RETS-CPLP), com a presença de representantes de seis dos nove países que compõem a Comunidade. Na abertura do evento, o diretor de Cooperação da CPLP, Manoel Clarote Lapão, destacou a importância do encontro, especialmente no contexto da pandemia que afeta todos os países integrantes, ainda que em medidas diferentes, e que exige da Rede uma mudança de estratégia que permita dar continuidade ao trabalho. O representante do Centro de Relações Internacionais em Saúde da Fundação Oswaldo Cruz (Cris/Fiocruz) Sebastian Tobar, também ressaltou a relevância da reunião e o apoio do Cris para o fortalecimento do grupo. Por fim, a  diretora da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV), instituição coordenadora da RETS-CPLP, Anakeila Stauffer, deu boas vindas a todos os presentes e procurou destacar o papel da Rede num momento em que as desigualdades sociais, inter e intra países, tornam o desafio de vencer a pandemia de Covid-19 ainda mais complexo.

A reunião prosseguiu com a apresentação do coordenador de Cooperação Internacional da EPSJV, Helifrancis Condé, que traçou um pequeno histórico da RETS e de sua sub-rede a RETS-CPLP.  Ele ressaltou o momento atual, em que se intensifica o uso das TICs no trabalho das redes, como a 4a fase de existência da RETS. Além disso, fez uma breve avaliação do plano de trabalho vigente, destacando a necessidade de se definir ações que confirmem as diretrizes estratégicas definidas na reunião realizada em novembro de 2018.  

Mais de 30 pessoas, representando instituições de Angola, Brasil, Cabo Verde, Moçambique, Portugal  e São Tomé e Príncipe, estiveram presentes. Além disso, também registramos a presença de Luiz Ary Mesina, representando a Rede Universitária de Telemedicina (RUTE). Infelizmente, nesse primeiro encontro virtual,três países da Comunidade não puderam esta presentes: Guiné Equatorial, Guiné Bissau e Timor Leste.

Como fortalecer o trabalho da Rede em tempos de Covid-19?

O objetivo principal da reunião foi discutir o cenário dos países com relação ao trabalho e a formação dos técnicos de saúde em tempos de pandemia da Covid-19. A partir de um roteiro enviado pela Secretaria Executiva, os países africanos apresentaram um panorama da sua realidade em termos de estratégias e necessidades para o trabalho e formação dos técnicos de saúde. A representante da Escola Superior de Tecnologia de Saúde de Lisboa (ESTeSL), por sua vez, mostrou algumas das possibilidades de ensino remoto, a partir de experiências desenvolvidas em sua instituição nas condições de quarentena por conta da pandemia. O intuito da apresentação foi incentivar a discussão sobre o tema e ajudar a pensar alguma ação possível de ser realizada juntamente com os demais países.  

A reunião confirmou a importância das TICs no momento atual e do trabalho em rede, possibilitando o intercâmbio e o debate sobre temas como: cuidados com a saúde dos técnicos em formação; estratégias virtuais de ensino; infraestrutura tecnológica nas instituições formadoras e todos os desafios trazidos pela pandemia.

A agenda seguirá com as discussões de um número especial da Revista RETS Especial Covid-19 e com outras reuniões técnicas específicas para a definição de possíveis ações a serem desenvolvidas no âmbito da Rede.

Documentos importantes

Apresentações dos países

Vídeos da Reunião