• 26/10/2015 - Com a proposta de atender a uma necessidade dos países da região andina, para garantir o acesso a medicamentos eficazes e de qualidade a baixo custo, foi lançada, em Cochabamba (Bolívia), no dia 13 de outubro, a plataforma eletrônica do Observatório Andino de Medicamentos. O mecanismo foi desenvolvido pela Secretaria Executiva e pela Comissão Técnica Sub-regional para a Política de Acesso a Medicamentos do ORAS-CONHU, e contou com o apoio da OPAS Bolívia, além da contribuição dos Ministérios da Saúde da região. Os pontos estratégicos da política de medicamentos andina delinearam os quatro eixos centrais que fazem parte do Observatório: acesso a medicamentos; qualidade, eficácia e segurança; uso racional dos medicamentos; pesquisa e desenvolvimento.
  • 26/10/2015 -  A Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS/OMS) no Brasil em parceria com a Coordenação de Saúde da Pessoa Idosa do Ministério da Saúde do Brasil realizou, nos dias 22 e 23 de outubro, o I Seminário Internacional sobre Políticas de Cuidado de Longa Duração para a Pessoa Idosa, na Representação da OPAS/OMS, em Brasília. Durante esses dois dias o evento proporcionou o intercâmbio de informações e experiências com países que possuem política de cuidado integral implantada ou em elaboração e, ainda, a exposição das experiências brasileiras nesse tema. O debate transversal possibilitou a construção de uma Política de Cuidados de Longa Duração para a Pessoa Idosa no Brasil.
  • 14/10/2015 - A Rede de Escolas de Saúde Pública da Unasul (Resp) realizou do dia 6 a 8 de outubro, no Equador, uma oficina para discussão e elaboração de critérios de qualidade e currículos mínimos comuns em saúde pública para nível médio (técnico) e de graduação na região sul-americana. Participaram da reunião representantes de dez países da Unasul (Brasil, Chile, Colômbia, Equador, Guiana, Paraguai, Peru, Suriname, Uruguai e Venezuela), bem como membros do Instituto Sul-Americano de Governo em Saúde (Isags), do Centro de Relações Internacionais em Saúde (Cris/Fiocruz) e da Rede de Escolas Técnicas de Saúde da Unasul (Rets-Unasul), uma das duas sub-redes da Rede Internacional de Educação de Técnicos em Saúde (Rets).
  • 13/10/2015 - Especialistas  de órgãos internacionais e membros do Isags realizaram reunião preparatória, em agosto, para a oficina “Políticas de saúde de fronteira na Unasul". O evento  ocorrerá  nos dias 27, 28  e 29 de outubro, na sede do Instituto, no Rio de Janeiro, e tem como objetivo, por meio do compartilhamento de experiências, traçar um panorama internacional, sub-regional e intersetorial da saúde nas áreas  de fronteira. A intenção é conhecer os mecanismos políticos, econômicos e sociais a nível nacional e local, para indicar os desafios e formular recomendações.
  • 13/10/2015 - A detecção precoce do câncer de mama e o tratamento podem salvar as vidas de milhares de mulheres nas Américas, afirmaram especialistas da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) no início do Mês de Conscientização sobre o Câncer de Mama, uma campanha internacional anual realizada por organizações de enfrentamento ao câncer, que visa aumentar a conscientização sobre a doença. O câncer de mama pode ser detectado cedo e tratado efetivamente”, disse Silvana Luciani, assessora regional em Prevenção e Controle do Câncer da Opas. “O desafio é fornecer igualdade de acesso aos serviços de detecção e tratamento de qualidade, especialmente em áreas onde os recursos são limitados”.
  • 08/10/2015 - A segunda reunião da Pesquisa Multicêntrica Internacional, coordenada pela Rede Internacional de Educação de Técnicos em Saúde (RETS), acontece no dia 26 de outubro, às 14h (horário de Brasília), na Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV/Fiocruz). Essa etapa, que reunirá os pesquisadores da EPSJV, contemplará a avaliação e o planejamento do estudo no Brasil. A pesquisa pretende identificar e analisar a oferta quantitativa e qualitativa de formação de trabalhadores técnicos em saúde em diferentes países. A proposta de realização, que tem metodologia semelhante à do Projeto Mercosul, é um dos itens que compõem o Plano de Trabalho da RETS, aprovado em novembro de 2013, durante a 3ª Reunião Geral da Rede.
  • 07/10/2015 - A Organização Mundial da Saúde, OMS, e o Programa Conjunto das Nações Unidas para o HIV/Aids (Unaids) lançaram 'Novos Padrões Globais para serviços de saúde de qualidade para adolescentes'. O objetivo do documento é ajudar os países a melhorar a qualidade do cuidado de saúde para o grupo de pessoas com idades entre 10 e 19 anos.Segundo a OMS, muitos adolescentes que sofrem de distúrbios mentais, uso de substâncias, desnutrição, ferimentos intencionais e doenças crônicas não têm acesso a serviços essenciais de prevenção e cuidado.
  • 02/10/2015 - Entre os dias 25 e 27 de setembro, mais de 150 líderes mundias estiveram na sede da ONU, em Nova York, para adotar formalmente uma nova agenda de desenvolvimento sustentável. Esta agenda é formada pelos 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), que devem ser implementados por todos os países do mundo durante os próximos 15 anos, até 2030.
  • 01/10/2015 - A revista RETS reafirma sua vontade de divulgar relatos de experiência. Portanto, estamos aceitando artigos na área de formação de trabalhadores técnicos em saúde,  que serão publicados ao longo do ano. Todas as experiências são fundamentais para ampliar a reflexão sobre inúmeras questões referentes à formação desses trabalhadores que, apesar de exercerem um papel relevante nos sistemas nacionais de saúde, nem sempre têm sua importância reconhecida. Veja como participar e não deixe de nos enviar o seu relato.
  • 30/09/2015 - Os cinco novos representantes regionais da RET-SUS e seus suplentes foram anunciados em reunião com as escolas, realizada em Brasília (18/9). Eles integram a Comissão Geral de Coordenação da RET-SUS, uma instância deliberativa e representativa da Rede. O coordenador-geral de Ações Técnicas em Educação na Saúde do Departamento de Gestão da Educação na Saúde da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde do Ministério da Saúde (Deges/Sgtes/MS) e, consequentemente, da Rede de Escolas Técnicas do SUS (RET-SUS), Aldiney José Doreto, anunciou, no último dia da Oficina Caminhos do Cuidado: Trajetórias (18/9), realizada em Brasília, os novos representantes regionais da Rede.

Páginas