• 10/09/2015 - A chefe da Unidade de Sistemas Sanitários de Direção-Geral de Saúde da Comissão Europeia, Maria Iglesia-Gomez, fará a palestra de abertura da oficina "Políticas de Saúde de Fronteira na UNASUL", no dia 27 de outubro (terça-feira), às 10h30, na sede do Instituto Sul-Americano de Governo em Saúde (ISAGS), no Rio de Janeiro. Durante o encontro, a especialista falará sobre a experiência da União Europeia na assistência sanitária transfronteiriça, mostrando a importância da saúde no desenvolvimento de políticas públicas que visem à integração regional e à quebra de paradigmas geopolíticos.
  • 13/07/2015 - Em seu mais recente número, a Revista Pan-Americana de Saúde Pública da Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS), traz artigos de pesquisa original que destacam os múltiplos problemas de saúde enfrentados pelas mulheres na Região das Américas, em especial aquelas que possuem menos recursos, de populações indígenas e rurais, bem como as brechas que persistem nos sistemas de saúde em responder estes problemas. Essa edição da revista explora uma variedade de temas da saúde da mulher em suas diferentes etapas de vida, tais como a saúde sexual e reprodutiva, a violência de gênero, a doenças crônicas não transmissíveis, as doenças infecciosas, a saúde mental e laboral, até a adequação dos serviços de saúde de qualidade para responder às necessidades de promoção, prevenção, atenção e reabilitação durante os diferentes ciclos de vida e em vários contextos regionais.
  • 13/07/2015 - A Organização Mundial da Saúde (OMS) lançou no dia sete de julho de 2015, em Manila nas Filipinas, seu Relatório sobre a Epidemia Global de Tabagismo 2015. Esse relatório é centrado na questão sobre aumento de impostos sobre os produtos de tabaco, mas também traz o nível de implementação das seis medidas mais efetivas para o controle de tabaco no âmbito nacional em todos os Estados Membros da OMS, que inclui os países da Região das Américas e Brasil. Segundo o Relatório das OMS sobre a Epidemia Global de Tabagismo 2015, poucos países cobram níveis adequados de impostos sobre cigarros e outros produtos de tabaco e com isso, perdem de salvar vidas e gerar receita para maiores investimentos em serviços de saúde. O aumento de impostos é comprovadamente uma medida eficaz e de baixo custo para reduzir a demanda de tabaco.
  • 09/07/2015 - Em maio de 2014, a 67ª Assembleia Mundial da Saúde solicitou ao Diretor-Geral a elaboração e apresentação de uma nova estratégia global para recursos humanos para a saúde, a ser analisada pela 69ª Assembleia Mundial da Saúde em maio de 2016. Esta estratégia representa um componente crítico da visão estratégica da OMS para a cobertura universal de saúde (UHC), no âmbito da agenda de desenvolvimento de saúde pós-2015. A Estratégia Global para Recursos Humanos para a Saúde: Força de Trabalho 2030 está agora aberta para consulta pública até 31 de Agosto de 2015. O projeto será também discutido em vários eventos sobre saúde global, bem como uma série de consultas técnicas regionais da OMS. Este diálogo global informará sobre a melhoria contínua do projeto e a versão final a ser apresentada ao Conselho Executivo da OMS em janeiro de 2016.
  • 19/06/2015 - A profissionalização dos agentes comunitários indígenas de saúde levou a Fundação Oswaldo Cruz a ser selecionada entre as 25 melhores iniciativas de inovação social na saúde. No final do ano, as soluções serão compiladas na publicação ‘Inovação Social em Saúde’, da Organização Mundial da Saúde (OMS). A iniciativa selecionada é o Curso Técnico de Agente Comunitário Indígena de Saúde, coordenado pela Escola Politécnica  de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV), a Secretaria Estadual de Educação e Controle da Qualidade da Educação do Estado do Amazonas (SEDUC/AM)  e a Fiocruz Amazonas, que promoveu a educação formal e profissionalização em saúde dos agentes comunitários indígenas, capacitando-os a desempenhar um papel importante na Atenção Primária em Saúde e controle social. 
  • 15/06/2015 - A edição de maio do Informe ISAGS é sobre a participação da Unasul na 68ª Assembleia Mundial da Saúde (AMS). A publicação resume os comentários do Movimento para a Saúde dos Povos (PHM, do inglês People's Health Movement) sobre as propostas da OMS que são de interesse no bloco, revela a posição do secretário-geral da Unasul, Ernesto Samper, a respeito da intervenção da Unasul na AMS e traz uma entrevista com Fernando Rosales, representante da Missão Permanente da Bolívia, em Genebra, sobre a importância da presença do bloco nos fóruns internacionais de saúde global.  
  • 03/06/2015 - "O objetivo hoje é fortalecer as Redes Estruturantes e, assim, os sistemas de saúde dos países parceiros que reforcem o papel dos trabalhadores na construção dos sistemas universais voltados para a atenção primária. Além disso, buscamos levar um pouco da experiência do governo brasileiro e dessa instituição na formação e gestão em saúde". Foi com essas palavras que o diretor da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV/Fiocruz), Paulo César de Castro Ribeiro, abriu o 1º Seminário Virtual da RETS sobre a "Perspectiva intercultural na formação de Técnicos em Saúde", realizado no dia 20 de maio, na EPSJV, atual Secretaria Executiva da Rede. O Fórum de debate desse Seminário encontra-se aberto.
  • 27/05/2015 - A consultora técnica sobre determinação social da saúde e regulação do ISAGS, Alessandra Bortoni Ninis, participou do Fórum Latino-americano e do Caribe de Desenvolvimento Econômico Territorial, que aconteceu em Quito, no Equador, nos dias 18 e 19 de maio. O evento é uma etapa preparatória para o 3º Fórum Mundial de Desenvolvimento Econômico Local, que será realizado em Turim, na Itália, em outubro de 2015.
  • 27/05/2015 - Em seu discurso o Ministro da Saúde do Brasil, Arthur Chioro, destacou o Programa Mais Médicos, desenvolvido para o provimento de profissionais no interior e em periferias do Brasil. “O Programa Mais Médicos, estruturado através do diálogo, parceria com a OPAS e OMS e da troca de experiências com muitos dos aqui presentes, garantiu o acesso à Atenção Básica de 63 milhões de brasileiros”, ressaltou Chioro. Em sua fala o ministro defendeu mais esforços no enfrentamento da obesidade infantil e propôs à OMS que a discussão seja tema da próxima Assembleia. Chioro ressalta que o desafio é que países em desenvolvimento não migrem da desnutrição para o excesso de peso, como aconteceu em muitos países, como o Brasil.
  • 19/05/2015 - Em parceria com a Opas/OMS e o Instituto Sul-Americano de Governo em Saúde (Isags), a Rede Internacional de Educação de Técnicos em Saúde (RETS) promove, no dia 20 de maio, a partir das 9h30 (horário de Brasília), o 1º Seminário Virtual da Rede sobre a “Perspectiva intercultural na formação de Técnicos em Saúde”. O evento, apresentado pela professora-pesquisadora Ana Lúcia Pontes*, acontecerá no Auditório Joaquim Alberto Cardoso de Melo, da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV/Fiocruz), e será transmitido on-line. O público-alvo são pesquisadores, estudantes e profissionais do campo das ciências da saúde.

Páginas