• 19/09/2016 - A diretora do Instituto de Saúde da UNASUL (Isags), Carina Vance, e a secretária executiva do Organismo Andino de Saúde (ORAS-CONHU), Nila Heredia, assinaram o Convênio Marco de Colaboração Interinstitucional na cidade de Cartagena no último dia 7 de setembro de 2016. As duas autoridades estiveram presentes na XV Cúpula de Ministras e Ministros da Saúde da Ibero-américa e na Conferência LAC "Uma Região Comprometida - Reduzindo Iniquidades em Saúde Sexual e Reprodutiva" na cidade colombiana. Também participaram da reunião representantes dos Ministérios da Saúde de Argentina, Bolívia, Colômbia, Chile, Equador, Paraguai e Peru.
  • 16/09/2016 - Os Estados muitas vezes não conseguem cumprir suas obrigações em relação às mulheres e meninas com deficiência, tratando-as ou permitindo que elas sejam tratadas com hostilidade ou pena, em vez de capacitá-las paradesfrutar seus direitos e liberdades básicas, afirmou na terça-feira (30) o Comitê da ONU sobre Direitos das Pessoas com Deficiência.
  • 16/09/2016 - A epidemia de microcefalia registrada no Brasil em 2015 é resultado de infecção congênita da mãe para o bebê por zika. A conclusão é de um estudo caso-controle preliminar do Microcephaly Epidemic Research Group (MERG), publicado nesta quinta-feira (15), na revista científica The Lancet Infectious Diseases. A pesquisa é intitulada 'Association between Zika Virus infection and microcephaly in Brazil, January to May 2016: Preliminary report of a case control study' (em português, 'Associação entre a infecção do Zika vírus e microcefalia no Brasil, janeiro a maio de 2016').
  • 09/09/2016 - No dia 29 de julho, a Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio (EPSJV/Fiocruz) foi redesignada como Centro Colaborador da Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (Opas/OMS) para a Educação de Técnicos em Saúde. A criação dos Centros Colaboradores tem como objetivo a solidariedade, a cooperação e o fortalecimento das capacidades institucionais dos países na resposta às necessidades de saúde.
  • 08/09/2016 - Lançado em abril de 2015 no Brasil, o 'Dossiê Abrasco: um alerta sobre os impactos dos agrotóxicos' ou 'Dossiê dos Impactos dos Agrotóxicos', como é muito conhecido, agora está disponível em espanhol e possui acesso gratuito, graças a uma parceria entre instituições e sanitaristas do Brasil, Colômbia e Equador. O lançamento do livro na versão em espanhol foi realizado no dia 6 de setembro, na Universidad Nacional de Colombia e foi transmitida ao vivo via YouTube, contando com a participação por videoconferência de Pablo Gadelha, presidente da Fiocruz, e de Jaime Breilh, Reitor da Universidade Andina.

Páginas