• 14/04/2018 - O lançamento do IV Relatório ONUSIDA-CPLP “Epidemia da VIH nos Países de Língua Oficial Portuguesa”  realizou-se no dia 5 de abril de 2018, na Fiocruz-Brasília, no âmbito da II Reunião Conjunta das Redes de Investigação e Desenvolvimento em Saúde da Comunidade Países Língua Portuguesa (RIDES-CPLP).
  • 09/04/2018 - Voltados para profissionais de nível médio e superior, os cursos livres visam à atualização de conteúdos ou técnicas relacionadas a uma área de conhecimento específica, com carga horária variável em função dos objetivos de aprendizagem. Todos os cursos possuem certificação e acompanhamento do aluno pelo professor-tutor, no ambiente virtual. Criado há cinco anos, o NEAD já produziu, junto às áreas, diversos cursos e, também, módulos EAD de apoio aos programas de residência. No momento, estão ativos 15 cursos, e o núcleo pretende lançar cinco novas opções até o final de 2019.
  • 09/04/2018 - Na região das Américas, um terço da população enfrenta obstáculos para acessar a saúde. "A saúde é um direito e, por isso, devemos superar as barreiras que impedem o acesso ao atendimento", afirmou Etienne, pedindo a eliminação do pagamento direto que muitas pessoas precisam fazer no ponto de entrada dos serviços de saúde. Esse pagamento, segundo ela, "constitui a principal barreira e leva famílias à pobreza".  Outras barreiras são as geográficas, institucionais e o estima e a discriminação nos serviços de saúde, assim como as inequidades. “Não é suficiente ter hospitais e centros de saúde. Essas instituições devem contar com a combinação adequada de recursos humanos, infraestrutura, equipes, medicamentos e outras tecnologias de saúde para evitar longos prazos de espera e oferecer uma atenção de qualidade”, afirmou Etienne.  
  • 09/04/2018 - Saúde universal é garantir que todas as pessoas e comunidades tenham acesso aos serviços de saúde sem qualquer tipo de discriminação e sem sofrerem dificuldades financeiras. Abrange toda a gama de serviços de saúde, incluindo promoção da saúde, prevenção de doenças, tratamento, reabilitação e cuidados paliativos, que devem ser de qualidade, integrais, seguros, eficazes e acessíveis a todos.  A saúde universal não é apenas garantir que todos estejam contemplados, mas que todos tenham acesso aos cuidados quando precisam, onde quer que estejam. Como expressão da saúde para todos no século XXI, a saúde universal exige o envolvimento de todos os setores da sociedade para combater a pobreza, a injustiça social, as lacunas educacionais e as condições de vida precárias, entre outros fatores que influenciam a saúde das pessoa
  • 28/03/2018 - Aberto e gratuito, o curso está disponível na plataforma do Campus Virtual de Saúde Pública da Organização Pan-Americana da Saúde (Paho). As inscrições estão abertas até 31 de maio.
  • 26/03/2018 - Os avanços para reduzir os casos de tuberculose na região das Américas têm sido significativos. No entanto, de acordo com a Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde, é necessária a mobilização de líderes de todos os setores para pôr fim a essa doença até 2030.  
  • 08/03/2018 - Neste Dia Internacional da Mulher, o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, afirma que mundo é dominado por homens e tem uma cultura comandada por eles. Faz uma reflexão sobre a questão da igualdade de gênero e as mudanças necessárias para que mulheres e homens possam estar em pé de igualdade em todos os aspectos da sociedade.
  • 06/03/2018 - Lançamento da primeria edição da Revista Trabalho, Educação e Saúde de 2018. Esta primeira edição apenas eletrônica, traz no editorial o lançamento do relatório Livro Verde - Ciência aberta e dados abertos: mapeamento e análise de políticas, infraestruturas e estratégias em perspectiva nacional e internacional, que trata de um estudo que sistematiza a experiência de oito países na implantação da ciência aberta.
  • 20/02/2018 -  A Organização Mundial da Saúde anunciou uma nova comissão de alto nível, composta por chefes de Estado e ministros, líderes em saúde e desenvolvimento e empresários. O grupo deve propor soluções arrojadas e inovadoras para acelerar a prevenção e o controle dos principais assassinos mundiais – as doenças crônicas não transmissíveis (DCNTs), como doenças cardíacas e pulmonares, cânceres e diabetes. 
  • 07/02/2018 -  A presidenta do Chile, Michelle Bachelet, presidirá uma comissão de alto nível, convocada pela Organização Pan-Americana da Saúde, para propor soluções que ampliem o acesso e a cobertura de saúde na região das Américas para 2030, “sem deixar ninguém para trás”.  

Páginas