• 20/02/2018 -  A Organização Mundial da Saúde anunciou uma nova comissão de alto nível, composta por chefes de Estado e ministros, líderes em saúde e desenvolvimento e empresários. O grupo deve propor soluções arrojadas e inovadoras para acelerar a prevenção e o controle dos principais assassinos mundiais – as doenças crônicas não transmissíveis (DCNTs), como doenças cardíacas e pulmonares, cânceres e diabetes. 
  • 07/02/2018 -  A presidenta do Chile, Michelle Bachelet, presidirá uma comissão de alto nível, convocada pela Organização Pan-Americana da Saúde, para propor soluções que ampliem o acesso e a cobertura de saúde na região das Américas para 2030, “sem deixar ninguém para trás”.  
  • 04/02/2018 - Dia Mundial do Câncer 2018: juntos, podemos prevenir, detectar mais cedo e tratar o câncer com sucesso.
  • 02/02/2018 -  O Brasil está em campanha de imunização com doses fracionadas da vacina contra febre amarela baseado em plano estratégico de vacinação elaborado com a participação da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas) e da Organização Mundial da Saúde (OMS). 
  • 02/02/2018 - Fiocruz lança curso internacional de curta duração para estudantes e trabalhadores da saúde que tenham interesse na área de formação e trabalho em saúde.
  • 31/01/2018 - No próximo dia 06 de fevereiro, Opas realiza webinar sobre prevenção e controle do câncer nas Américas. 
  • 11/01/2018 - A ONU Meio Ambiente e a Organização Mundial da Saúde (OMS) concordaram em realizar uma nova e abrangente colaboração para acelerar as ações de contenção dos riscos ambientais para a saúde, que causam cerca de 12,6 milhões de mortes a cada ano. Nesta quarta-feira (10/01/2018), em Nairóbi, Erik Solheim, diretor da ONU Meio Ambiente, e Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS, assinaram um acordo para intensificar as ações conjuntas de combate à poluição do ar, às mudanças climáticas e à resistência antimicrobiana, bem como melhorar a coordenação em gestão de resíduos e produtos químicos, qualidade da água e problemas de alimentação e nutrição. A colaboração também inclui a gestão conjunta da campanha BreatheLife, que pretende reduzir a poluição do ar para múltiplos benefícios climáticos, ambientais e de saúde.
  • 14/12/2017 - Com a participação de quase 200 líderes políticos, representantes da sociedade civil e especialistas de 30 países das Américas, foi realizado nos dia 11 e 12 deste mês, em Quito, no Equador, uma reunião regional de alto nível sobre saúde universal. O encontro foi promovido pela Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), em colaboração com o governo equatoriano. Etienne disse que “a geração de alianças é a chave para alcançar a saúde universal sem deixar ninguém para trás” e pediu o “empoderamento das pessoas e das comunidades”, a fim de que possam fazer parte das mudanças necessárias ao alcance da saúde para todos.
  • 11/12/2017 - À medida que a população mundial envelhece, espera-se que o número de pessoas que vivem com demência triplique – de 50 milhões para 152 milhões até 2050. "Quase 10 milhões de pessoas desenvolvem demência a cada ano, seis milhões delas em países de baixa e média renda", afirma Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS). 
  • 07/12/2017 - Dois professores de Economia e uma professora de Sociologia da UFBA, respectivamente Luiz Filgueiras, Uallace Moreira e Graça Druck, debruçaram-se nos últimos dias sobre recente e polêmico documento do Banco Mundial (BIRD) e, apoiados simultaneamente em competentes ferramentas teóricas, dados estatísticos oficiais e análise comparativa de um estudo do mesmo organismo, publicado 20 anos antes, produziram um profundo estudo sobre as propostas ali apresentadas para o ajuste fiscal do Brasil e a adequação das universidades públicas brasileiras a esse cenário ajustado. O primeiro fruto desse estudo é um denso artigo para o próximo número do Caderno do CEAS, cujos editores gentilmente permitiram uma divulgação prévia pela UFBA e pelo Edgardigital.

Páginas