• 23/08/2019 - A OIT e o Centro Interamericano para o Desenvolvimento do Conhecimento na Formação Profissional promoveram uma conferência sobre os desafios para o futuro do trabalho na região da América Latina e Caribe, no início do mês de agosto no Uruguai. O evento debateu a necessidade de promover a transformação e a inovação na formação de talento humano na região, com o objetivo de responder aos desafios presentes e futuros do mundo do trabalho. 
  • 12/08/2019 - O sarampo é uma infecção grave e altamente contagiosa causada por um vírus. A região das Américas confirmou 2.927 casos da doença neste ano. Os dados são da mais recente atualização epidemiológica da Organização Pan-Americana da Saúde, Opas, com dados fechados na última quarta-feira, 7 de agosto. No mês de julho, a doença foi identificada em 14 países. A maior proporção foi registrada nos Estados Unidos, seguida do Brasil e da Venezuela.
  • 09/08/2019 - O aumento dos níveis quase universais de amamentação pode salvar mais de 800.000 vidas anualmente, especialmente crianças com menos de 6 meses de vida. Além disso, o aleitamento reduz o risco de câncer de mama e ovário, diabetes mellitus tipo 2 e doença cardíaca em mães que amamentam. Para que a mãe e o bebê tenham a oportunidade de estabelecer essa relação, é importante que existam redes de apoio. O assunto é tema central desse mês, o agosto dourado.
  • 06/08/2019 - No dia 7 de abril de 1948, nascia a Organização Mundial da Saúde (OMS), que incorporou princípios inovadores. Na sua Constituição, saúde é entendida como “o completo bem-estar físico, mental e social e não apenas a ausência de doença ou enfermidade”. Além disso, “o mais alto padrão de saúde” é elencado como “um dos direitos fundamentais de todo ser humano”, a ser efetivado sem distinção de raça, religião, ideologia política ou condição econômica e social. Muitos consideram que a OMS atingiu o seu ápice nos anos 1970 e que hoje há muitos problemas a resolver no âmbito da organização. 
  • 06/08/2019 - O questionário que será aplicado no Censo Demográfico 2020 foi divulgado na semana passada, em meio a um embate entre o corpo técnico e a direção do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) que vem se desenrolando desde o início do ano. Indicada pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, a nova presidente do instituto, Susana Guerra, que tomou posse no final de fevereiro, recebeu a tarefa de reduzir em 25% o orçamento do Censo, previsto inicialmente em R$ 3,2 bilhões. A missão foi dada ao economista Ricardo Paes de Barros, do Insper, e desagradou o corpo técnico do IBGE. Desde o anúncio do corte, a Associação dos Trabalhadores do IBGE (Assibge-SN) vinha alertando que uma diminuição no questionário poderia causar a quebra de séries históricas de dados sobre a população brasileira.
  • 29/07/2019 - Novo estudo da OMS, publicado em 26 de julho, estima os gastos para atingir metas globais de eliminação das Hepatites. A pesquisa se baseia em cálculos de investimentos necessários para alcançar as 16 metas relacionadas à saúde dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável em países de baixa e média renda. Saiba mais.
  • 26/07/2019 - A inovação científica tem garantido um progresso sem precedentes no combate ao HIV/Aids, mas os países devem repensar sua resposta para pôr fim à epidemia até 2030. O alerta foi feito pela diretora da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), Carissa Etienne, na 10ª Conferência da IAS sobre Ciência do HIV, IAS 2019. O evento organizado pela Sociedade Internacional de Aids terminou na quarta-feira, dia 24, na Cidade do México. Carissa tab afirmou que “a ciência tem guiado a inovação rumo a um progresso sem precedentes na resposta a uma doença infecciosa que, até pouco tempo, representava uma ameaça à vida de muitas pessoas", mas que, apesar disso, “o mundo não está a caminho de alcançar o objetivo de eliminar a Aids como uma ameaça para a saúde pública até 2030”.
  • 26/07/2019 - A Organização Mundial da Saúde divulgou em abril deste ano novas recomendações sobre 10 maneiras pelas quais os países podem usar a tecnologia de saúde digital – acessível via telefones celulares, tablets e computadores – para melhorar a saúde das pessoas e os serviços essenciais. De acordo com o diretor da OMS, "as tecnologias digitais não são fins em si mesmas; são ferramentas vitais para promover a saúde, manter o mundo seguro e servir aos vulneráveis".
  • 26/07/2019 - Você sabia que a tuberculose é a principal causa de morte entre as pessoas infectadas pelo HIV,  com risco 27 vezes maior de contrair a doença que a população geral? Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2017 foram registrados dez milhões de novos casos da doença no mundo e 300 mil mortes apenas entre Pessoas Vivendo com HIV/Aids (PVHA). O estudo tem como um de seus coautores Rodrigo Escada, pesquisador do Laboratório de Pesquisa Clínica em DST e Aids, no Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI/Fiocruz). A pesquisa foi conduzida também em outros 44 centros de 10 países da África, Ásia, Américas e Caribe, acompanhando três mil voluntários com infecção pelo HIV.
  • 23/07/2019 - A Organização Mundial da Saúde, OMS, recomenda o uso do medicamento dolutegravir, conhecido como DTG, para o HIV como o tratamento de primeira linha para todas as populações, incluindo mulheres grávidas e em idade fértil. A recomendação é feita depois de serem conhecidos novos dados sobre os benefícios e riscos do DTG. Estudos iniciais tinham uma possível ligação com defeitos congênitos do cérebro e da medula espinhal.

Páginas