• 19/08/2014 - A OPAS/OMS no Brasil finalizou a consulta pública sobre o documento da Estratégia para Cobertura Universal de Saúde (CE154/12) cujo resultado foi sistematizado em um Relatório Técnico que incorporou as contribuições do país, com o propósito de garantir que a estratégia contemple as necessidades do Brasil e esteja em total consonância com os princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS).
  • 15/08/2014 - Em palestra no curso de especialização em Pneumologia Sanitária, a pesquisadora do Centro de Referência Professor Hélio Fraga (CRPHF) Margareth Dalcolmo abordou a situação epidemiológica, os tratamentos usuais e as perspectivas com o advento das novas descobertas para a tuberculose (TB) resistente. “Hoje, existem no mundo aproximadamente 450 mil casos de tuberculose resistente e 150 mil mortes em decorrência dessa grave forma da doença. O Brasil, que apresenta uma queda consistente na mortalidade nos últimos dez anos, tem uma situação diferenciada em relação aos demais países da América Latina por contar com uma série de ações de controle e tratamento da tuberculose”. O CRPHF é vinculado à Escola Nacional de Saúde Pùblica (Ensp/Fiocruz).
  • 15/08/2014 - A África Ocidental está sofrendo o maior, mais complexo e mais grave surto do vírus ébola de toda a história. Os surtos podem ser contidos com intervenções disponíveis, tais como a detecção precoce e isolamento, monitoramento e rastreamento de contatos e a adesão a procedimentos rigorosos de controle de infecção. No entanto, ter vacinas ou tratamentos seria uma arma poderosa para combater o vírus. Pensando nisso, a OMS convocou a 11 de agosto de 2014 uma reunião para analisar e avaliar as implicações éticas do possível uso de intervenções não registradas na tomada de decisão clínica. 
  • 12/08/2014 - A Revista Pan-Americana de Saúde Pública, publicada pela Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS), anuncia convocatória de artigos para um número especial que será publicado em março de 2015. O objetivo desta edição é identificar e refletir sobre os principais desafios que as mudanças demográficas, sociais e epidemiológicas irão impor à saúde das mulheres da Região das Américas nos próximos anos. Serão aceitos artigos até o dia 17 de agosto.
  • 08/08/2014 - A Opas/OMS está realizando consultas públicas sobre a estratégia de cobertura universal de saúde como o objetivo de agregar contribuições e posições específicas dos países, de acordo com cada contexto e realidade, promovendo um processo amplo e representativo de diálogo, de forma legítima, participativa e inclusiva. Essas consultas são fundamentais para garantir que a estratégia atenda as necessidades de todos os países da Região das Américas. Nesse contexto, a Opas/OMS no Brasil disponibiliza plataforma para agregar as contribuições do Brasil.

Páginas